Faça sua revolução!

Views:4119

Sete passos para levar o RH ao lugar que ele merece

Vivemos em uma sociedade do conhecimento. Aquelas empresas capazes de atrair e reter o melhor capital humano,, além de utilizarem sistemas e ferramentas de gerenciamento mais modernas, devem se impor à concorrência.

Até hoje nunca encontrei nenhum CEO que negasse o anterior, mas poucas vezes o RH é levado à serio. Se fosse, o diretor de RH deveria ser um dos executivos mais importantes da empresa, mas é comum ver este profissional como uma espécie de diretor de segundo nível, a serviço de outros departamentos. Ele rara vez é considerado como uma peça-chave da organização. Mais raro ainda é que o RH receba atenção (e orçamento) para implementar as mudanças que o permitam ser mais estratégico.


Diante desta situação, o RH tem duas alternativas: se conformar e continuar sendo um diretor de segundo grau ou mudar a empresa para ganhar o papel que lhe corresponde.

  1. Prepare-se: Há dezenas de cursos e centenas de livros sobre gestão estratégica de RH. As empresas que já fizeram esta mudança são bem conhecidas e seus casos estão disponíveis na internet. Pesquise, aprenda, esteja preparado.
  2. Eduque: Apresente os conceitos importantes aos outros diretores. Muitas vezes nem é necessário discutir com eles. Passe para seus pares os casos de sucesso de outras empresas. Eles mesmos podem ler e chegar às conclusões.
  3. Entre fundo na estratégia: Quem são os clientes principais da empresa? Você conhece eles pessoalmente? Quais as necessidades deles? Quem é sua concorrência? Qual a posição competitiva de sua empresa? Quais os objetivos de médio e longo prazo? Para ser estratégico, é preciso conhecer o negócio da empresa.
  4. Recrute aliados: Com certeza alguns diretores entendem a necessidade de mudanças no RH. Converse com eles. Entenda as expectativas deles e exponha as suas. Peça ajuda para levar seu projeto adiante.
  5. Crie projetos piloto: Procure novos projetos na empresa para os quais uma nova forma de gerenciar o RH possa ser uma vantagem e ofereça um tratamento especial para eles.
  6. Mostre os resultados: Analise os resultados e encontre o momento de apresentá-los na reunião de diretores. Não precisam ser resultados fabulosos. Frequentemente pequenas melhoras constantes são mais fáceis de emplacar e encontram menos resistência.
  7. Aceite os desafios: Todo processo de mudança envolve alguns riscos. Alguns gestores de RH encontrarão motivos para sair da linha de fogo e evitar problemas.

 

Aqueles que demostrem sua capacidade de liderança para promover as mudanças e negociar os conflitos conseguirão que o RH enfim seja valorizado.

 

 

Deixe um comentário


Experimente já!

NOSSA CRENÇA

Acreditamos que o RH pode contribuir estrategicamente para melhorar os resultados da empresa. Mas, para isso acontecer, é preciso eliminar a burocracia (automatizando a gestão da informação) e aumentar os esforços para garantir o encaixe perfeito entre os objetivos da empresa e as pessoas que devem executar o negócio. É aí que se encontra o papel estratégico do RH: identificar e desenvolver talentos, avaliando performance e construindo equipes competitivas e motivadas.

Em nosso blog

contato

Rua Estados Unidos, 242

01427-000 - São Paulo -Brasil

+55 11 3042 9919

contato@meuplanoa.com.br

planoA no LinkedIn

planoA no Facebook